O Anacleto

Um Blog Alter. Charros. Aborto. No Bush.

sábado, outubro 30, 2004

Toda a verdade sobre Bush



Assumindo mais uma vez a liderança das forças de esquerda, o Anacleto revela aquilo que a "esquerda" burguesa subserviente ao grande capital sabe mas tem medo de afirmar explicitamente.

quinta-feira, outubro 28, 2004

Destruir o Império

Camaradas

Já falta pouco para festejarmos na rua a desejada derrota do Bush nas eleições americanas. Mais uma vez pedimos a todos os camaradas o máximo cuidado: o nosso candidato não é Kerry. O nosso candidato é o No-Bush. O Kerry é um fantoche capitalista, o no-bush é o candidato da esquerda moderna.

Não são as eleições capitalistas que devolverão a América ao povo. Lembrem as palavras sábias do nosso companheiro Anacleto José Neves, da ATTAC:

"O império só poderá ser desarmado pelo poder constituinte da rebeldia - a multitude, a nova superpotência que reclama a rua."
Portanto, assim que o No-Bush derrote o Bush, todos para a rua camaradas. Tão cedo quanto possível, o fantoche Kerry tem que ser derrubado.

quarta-feira, outubro 27, 2004

ASSASSINOS !!!!! - Parte 2

"A União Democrática Popular (UDP) vai deixar de existir enquanto partido político durante um congresso agendado para Março de 2005...para se tornar numa associação política. A extinção da UDP, que está inserida no Bloco de Esquerda, vai ser formalizada no 17º Congresso do partido.
«Tem a ver com duas razões. Por um lado, com a prática do Bloco de Esquerda, que é um projecto com sucesso que tem marcado a situação política nacional. Por outro, com as exigências da lei», vincou o dirigente (Carlos Santos)."

Diário de Notícias, 26/10/2004

E concretizou-se o que o camarada João vaticinava, o take-over (claramente hostil mas anti-revolucionário) das base operária da UDP pelos doutores do PSR.

Paz à sua alma, Major!

terça-feira, outubro 26, 2004

Galeria de Honra dos Inimigos do Povo

O blog neo-liberal de extrema direita fascizante SG Buiça copia descaradamente a ideia da Galeria de Honra Anacleta homenageando um conjunto de perigosos Inimigos do Povo.

Quando chegar o momento da Revolução (e a Revolução, como sabem todos os bons Anacletos, é inevitável), esta acção provacatória de um burguês lacaio dos interesses do grande capital especulativo americano e sionista não será esquecida!

Mais Um Desvio Direitista do Barnabé

Primeiro foi o seu endosso, embora envergonhado, à candidatura de John Kerry. Agora Daniel Oliveira anuncia orgulhoso o apoio do Financial Times, esse pasquim da alta finança internacional, à candidatura dos "Democratas" americanos. Sente-se melhor na companhia dos burgueses, camarada?

ASSASSINOS !!!!!

"O Partido Socialista Revolucionário vai ser extinto como partido, num congresso a realizar a 11 e 12 de Dezembro...A extinção do PSR, que integrou o Bloco de Esquerda desde que este foi criado em 1999, 'é a evolução natural e coerente'"

Público, 26/10/2004, p.11
Estaremos a assistir à prática de eutanásia ou à última fase de uma cirurgia plástica ?


Mas uma coisa é certa, concretiza-se assim o take-over das bases da UDP pelos doutores do PSR.

Palhaços

"O Governo de Santana Lopes é de pão e circo"

Francisco Anacleto Louçã

Acho que todos os camaradas devem levar muito a sério esta avaliação do nosso líder sobre o governo da extrema-direita neo-liberal do Sacana Lopes. No que diz respeito a circo, não há ninguém em Portugal que saiba mais do assunto do que o camarada Louçã. A especialização do camarada Anacleto em circo já vem de longa data. Desde muito novo que o nosso líder manifestou uma enorme predilecção por palhaçadas, o que até parece natural para quem tem um nariz vermelho, da cor da revolução.

segunda-feira, outubro 25, 2004

Não vejo aqui ninguém a rir-se, Ricardo!

Camaradas,

Nunca conseguiremos superar a sociedade capitalista enquanto alguns dos camaradas anacletos, em vez de se oferecerem incondicionalmente para a luta, cederem às solicitações da classe burguesa dominante.

Serve o desabafo para convidar todos os camaradas a repudiar a participação do Ricardo de Araújo Pereira numa campanha publicitária a um banco, quando todos sabemos que o sector bancário é uma das grandes locomotivas do capitalismo opressor e que, com a condescendência criminosa dos governos da democracia burguesa, se tem sistematicamente recusado a contribuir para a distribuição de riqueza na verdadeira proporção das suas possibilidades.

Todos gostamos muito da arte do Ricardo, mas é preciso apontar-lhe as falhas.

Porque há camaradas que falam falam, falam falam, falam falam, pá, e eu não os vejo a fazer nada!

Barnabégate: the day after

Uma tal "Daniel de Oliveira" enviou este SMS a propósito do Barnabégate:
"Camarada Anacleto, estou chocado? A propriedade é um roubo. A foto (que vocês socializaram, e muito bem, tirando-a de outro site) deve servir a classe operária e a nossa causa. Andam com desvios de direita, caros camaradas. E isso é grave!Daniel Oliveira Email Homepage 10.23.04 - 5:17 am #
O Anacleto concorda em absoluto com análise feita por este intelectual pequeno-burguês sub-empregado:

  • Quando a nossa esquerda aliada à classe trabalhadora perpetra aquilo que, na linguagem burguesa se convencionou chamar 'roubo', de facto, o que está a acontecer é a socialização da propriedade, a nacionalização, a devolução da mais valia aos seus legítimos proprietários... a 'recuperação de fundos'. E isto é moralmente justificado pela exploração e discriminação sofridas pelos camaradas que executam estas acções.

    A questão é saber se o Barnabé se pode ainda incluir entre a classe trabalhdora...
  • sábado, outubro 23, 2004

    Em defesa dos direitos dos animais

    sexta-feira, outubro 22, 2004

    A Prova!

    No Anacleto aprendemos com o grande camarada Francisco Anacleto Louçã a provar todas as afirmações que fazemos, como por exemplo aquela da Carlyle. Aqui está a prova do roubo do Barnabé e da acção de retaliação dos grupos de acção armada do Anacleto.

    Clique na imagem para aumentar.

    Choque e Espanto

    Camaradas

    A esquerda tem que saber onde estão os seus verdadeiros inimigos. Os nossos inimigos são os fassistas da extrema-direita musculada capitalista filoamericana neo-liberal. São esses que trazem a miséria ao mundo, bem suportados pelo grande capital da Halliburton e do Carlucci.

    A nossa luta é difícil. Os nossos militantes pagam parte das migalhas que os capitalistas lhes deixam nos salários de exploração para ajudar a luta da revolução.

    E se nós já estávamos habituados a ser explorados e usurpados pelos capitalistas, o que nunca esperámos foi a faca nas costas cravada por camaradas cuja luta devia ser a nossa luta.

    Hoje o Anacleto foi roubado. E foi roubado pelo Barnabé! O Daniel Oliveira usurpou a já escassa largura de banda que dispômos ao serviço do povo trabalhador! A indignação e a revolta foram grandes, por aqui. Houve lágrimas. Houve camaradas que se dobraram agarrados à barriga, com enormes cólicas. Houve quem clamasse alto... "Também tu, Daniel!"

    É por isso que vos informamos que o Grupo de Intervenção Rápida Armada do Anacleto assessorado pelas Brigadas Revolucionárias de Sabotagem do Anacleto realizaram uma acção de represália no campo dos pseudo-revolucionários do Barnabé.

    Durante alguns minutos, esta imagem esteve no ar nesse blogue traidor:



    A acção foi simbólica. A dor sentida pela traição é eterna.

    Peixe Bola e Homem tem Genoma Parecido

    A Nature encontrou o link perdido entre o Peixe-Bola e o Homem.

    "Dos 30.000 genes do peixe, aproximadamente 900 são comuns aos humanos e não foram ainda identificados, segundo esta nova investigação feita por uma equipa internacional de cientistas coordenada pelo geneticista da Escola Superior de Paris e do Centro Nacional de Investigação Científica (CNRS) francês, Hughes Roest Crollius." (via Radio Bagdad)

    Aqui no Anacleto há muito que sabíamos onde estava o elo entre o homem e o Peixe-Bola, como se demonstra pela foto ao lado.

    Cabalas jornalísticas...o Marx bem avisou...

    "...O que são jornais de referência...? Sabemos...que em cada situação são adequadamente ideológicos.

    ...A liberdade de imprensa, que Marx disse que acabaria quando a imprensa se tornasse numa indústria, o que já aconteceu há muito, passou a ser afinal essa imensa liberdade, possibilitada pelo dinheiro, de manipular a realidade. Hoje mais do que nunca..."

    Coronel Mário Tomé, Líder da UDP, 19/06/2004
    Como diria, o Daniel: "Isso...é preocupante, porque significa que há uma classe que é a que lê jornais e que tem uma visão deturpada do seu próprio país." (aqui)


    Sem censura ainda tinhamos o Marcelo (Caetano) na TV

    "...A censura institucional foi um realidade durante o PREC, em defesa da "revolução" do Pacto MFA/Partidos...

    ...O Portugal Socialista [órgão oficial do PS] insurgia-se contra as restrições e censuras impostas por Correia Jesuíno no V governo provisório, mas nunca o fez quanto às ainda mais restritivas condições da Comissão ad hoc para a imprensa, sob a hégide de Raúl Rego, na aurora da liberdade..."

    Coronel Mário Tomé, líde da UDR, 19/06/2004

    Fassistas!

    "Assistimos aqui a um dos piores momentos depois da ditadura!"

    Miguel Duarte, presidente da Associação Académica de Coimbra (AAC), candidato a Anacleto.

    quinta-feira, outubro 21, 2004

    Mais uma mentira fascista denunciada


    Finalmente, uma publicação que põe a nu as mais malicosas mentiras do imperialismo santanista. Veja-se esta notícia, cujo título é, "Aquecimento é Devastador Para os Pobres".
    É sim senhor! O aquecimento e o saneamento básico. E a água canalizada. E a luz eléctrica.
    Agora todos juntos, camaradas anacletos:
    Abaixo o aquecimento!
    Fim ao saneamento básico!
    Destruição da água canalizada!
    25 de Abril Sempre, Luz Eléctrica Nunca Mais!

    Dúvida teórica: foram os Modern Talking um grupo anacleto?



    Camaradas,
    Ao constatar a semelhança dos camaradas anacletos Cohn-Bendit e Fischer com os membros do grupo Modern Talking, Dieter e Thomas (e então depois de ter visto Dieter ao lado de um bom camarada do Exército Vermelho), nasceu a minha dúvida teórica: poderão os Modern Talking ser vistos como um grupo anacleto? Poderei eu cantar "Brother Louie" ou "You're My Heart You're my Soul" sem problemas de consciência revolucionários?

    Debaixo do passeio, o Mondego


    Notável jornada de luta em Coimbra. Camaradas estudantes mobilizados contra a política nazi-fássista de aumento das propinas envolveram-se em heróico conflito com as forças repressivas do imperialismo santanista em fase decadente.

    Segundo este panfleto americanóide, o resultado foi um polícia internado com gravidade no hospital e a passagem rápida de um estudante pelo mesmo estabelecimento.

    O panfleto mente! O panfleto pretende dar a notícia insinuando a violência dos estudantes contra as chamadas “forças da ordem”.

    É mentira! Os anacletos estudantes foram cobardemente atacados pelos repressores do casse-tête.

    Onde está o polícia internado? Alguém viu o avião do Pentágono? Ninguém. E o polícia internado, onde está? Pois ninguém o viu, também. É mentira! É uma montagem descarada!

    Do que temos a certeza é da bárbara agressão a que os camaradas estudantes anacletos foram sujeitos. Veja-se o que diz o camarada Ricardo Lino, que afirma ter sofrido “beliscões” e “apertões na barriga”. Fássistas!! Cobardes!! Criminosos Santanistas!!

    Temos de terminar com este escândalo.
    Abaixo os Beliscões!
    Fim Imediato aos Apertões na Barriga!

    quarta-feira, outubro 20, 2004

    A Revolução é para se fazer de braço no ar!

    Camaradas,

    A ser verdade a notícia de que o PCP se prepara para abandonar a tradição... não, tradição é palavra aristocrática... o costume... não, costume é palavra burguesa... o método (isso! Método!) da votação por braço no ar, temos então um dos mais firmes redutos da causa revolucionária a enveredar embaraçosamente pelos caminhos perversos da contra-revolução e da democracia burguesa.

    É preciso parar este delírio.

    Espalhemos pelas bases anacletas as seguintes sms:

    "Se pensas que pensas, pensas mal. Quem pensa por ti é o Comité Central!"

    "Quem é Anacleto ponha o braço no ar!"

    A Extrema-Esquerda no poder...

    "Portuguese Prime Minister Jose Manuel Durao Barroso will take on the job of President of the European Commission on November 1. As Prime Minister, Barroso established himself as a uniquely hard-nosed European reformer. Now the ex-rebel has staked his presidency on the thorniest problem: reform of the European economy"

    É possível a gente chegar lá...temos é que mudar um bocadinho.

    Ao cuidado do gabinete de estética do Bloco

    terça-feira, outubro 19, 2004

    O nosso Homem...em Havana

    A Kapital

    Recebemos este e-mail de um homem de esquerda, o Camarada Ricardo Marx, indignado com a injustiça e o esquecimento a que votámos um dos novel-pensadores da esquerda moderna:
    Camaradas:

    Vamos lá a corrigir a tremenda injustiça de ter um quadro de honra sem a figura de Luís Anacleto Osório, esse camarada proveta que dirige o pasquim anteriormente conhecido por A Capital, agora, A Kapital. Está Osório para o painel como o farol para Espichel!
    Camarada, não temos assim tanta certeza que Osório nunca tenha feito parte destas galerias. Na última galeria de notáveis, o do meio, não era ele?



    Anacleto Prado Coelho

    Na próxima galeria de notáveis pensadores da esquerda moderna, só muito dificilmente não estará presente um dos grandes luso-anacletos intelectuais. Refiro-me obviamente ao criador de conceitos Anacleto Prado Coelho.

    Muitos de nós ainda não se esqueceram do famoso paper em que o ilustre pensador derrubou os muros da economia capitalista revolucionando a lei da procura, demonstrando de forma poética e sublime que a consequência do aumento do preços dos livros seria um aumento do número de livros vendidos. A injustiça que o comité Nobel tem cometido para Prado Coelho é imensa.

    Eduardo recriou também o conceito de neo-liberalismo, dedicando algumas crónicas à explicação aos ígnaros do neo-liberalismo. Ficámos todos a saber que a desconstrução da paisagem é neo-liberal, principalmente pelos lados de S.Martinho do Porto.

    Durante muitos anos Eduardo foi o expoente máximo em Portugal da cultura do name-droping, atingindo números de referências que ainda hoje constituem recordes difíceis de igualar.

    Ninguém melhor do que Eduardo nos explicou o significante por trás do significado do apito...

    "...Acontece ainda que o "apito" tem uma conotação fálica, mas frustre, de uma sexualidade sem energia nem alegria, reduzida a uma dimensão doméstica, envergonhada e melancólica. E, no plano do significante, um vocábulo em que apareça o elemento "pito" tem algo de uma sexualidade infantil, feita de expressões carinhosas, mas destituídas de agudeza e exuberância."
    Recentemente Anacleto Prado Coelho desconstruiu o conceito capitalista da relação patrão/trabalhador, explorador/explorado explicando que o autodomínio da tarefa atribuível é um processo lento de aprendizagem, nunca inferior ao tempo necessário para compreender Derrida.


    "Comecei a exercer as minhas funções de conselheiro cultural em Paris...No primeiro ano, realizei a minha instalação e esforcei-me por perceber os problemas. Como sempre, entre a realidade efectiva e as minhas ideias preconcebidas havia uma imensa desproporção. No segundo ano, estabeleci os contactos, organizei projectos, encontrei métodos de actuação. Só no terceiro ano comecei a trabalhar efectivamente. Seria nessa altura, quando começava a perceber alguma coisa do que estava a fazer, que devia vir-me embora?"
    Eduardo, tal como Guevara teve as suas fraquezas. Durante algum tempo hesitou entre Derrida e Alves dos Reis.


    "Assaltar um banco? Mas quem não o desejou um dia? Quem não imaginou a constituição de uma reduzida equipa de profissionais, um especializado em armas de fogo, outro com o carro à porta pronto a arrancar, outro capaz de descer de surpresa dos mistérios do tecto, outro treinado na abertura de cofres fortes, e lá vamos nós cheios de sacos com notas, lá vai cada um para o Havai da sua vida, de preferência com uma mulher de cabelos pretos e olhos esverdeados?"
    Hoje, o Anacleto Coelho atira-se muito justamente a um fassista-capitalista neo-liberal e chama-lhe analfabeto.


    "Saliente-se como o comentário mais arrogantemente analfabeto o do João Pereira Coutinho nas páginas do "Expresso". Para este jovem talento, pouco inteligente mas muito esperto, Derrida teria abolido o conceito de "verdade". Este é um daqueles lugares-comuns que não há tonto que o não repita."
    Dá-lhe Eduardo! Só tu, como homem de esquerda, tens a invejável capacidade de compreender a supra-intelectualidade Derridiana.

    E neste caso, não é preciso nenhum tonto para repeti-lo porque tu encarregas-te de nos relembrar que o teu conhecimento de Derrida é imenso. De Derrida e de tudo o mais, evidentemente.

    Tu és imensamente superior a esse fassista-direitista-inculto-neo-liberal. Só tu és o mestre. Tu és perfeito. Tu és um Anacleto. Tu és um perfeito Anacleto.

    segunda-feira, outubro 18, 2004

    Contra os camisas negras!

    Camaradas,

    Mais uma vez o sistema atacou, mais uma vez os camisas negras - esses fassistas! - expoliaram (espoliar é pouco exdrúxulo e não mostra a gravidade da situação!) o grande clube do Povo, ignorando que ninguém, nem nada, conseguirá jamais suster a imparável onda vermelha!

    Neste momento difícil, estamos, obviamente, com os nossos camaradas Anacleto Vieira e Anacleto Veiga.



    Unidos venceremos a superestrutura do futebol português!

    O sexo atrapalha a Revolução

    Camaradas,

    Peço desculpa por fazer de novo a figura do desmancha-prazeres mas parece-me ser essa a missão de todo o verdadeiro revolucionário.

    Considero totalmente despropositada e absolutamente desproporcionada esta defesa anacleta dos homossexuais, pois não serão el@s, de todas as classes oprimidas, as menos comprometidas com a Revolução? Mais: não será contraproducente todo este empenho na luta ao lado das sexualidades alternativas?

    Camaradas, a ambas as perguntas acima colocadas respondo que sim.

    Primeiro, porque basta ver as pessoas em causa no seu dia-a-dia para concluír que a sua disposição é a mais propícia ao status quo capitalista e às suas solicitações consumistas. O amor desmedido da classe aos bens materialistas como a roupa ou os produtos de beleza (os quais são adquiridos em estabelecimentos de cujo quadro de pessoal habitualmente fazem parte homossexuais) faz dela um dos principais alvos a abater na espiral de mudança que temos vindo a projectar e nunca uma peça da engrenagem.

    Depois, porque nenhum anacleto pode deixar a sorte da Revolução nas mãos de uma classe que se define pela sua opção sexual e faz dela o ponto central da sua existência. Um verdadeiro Anacleto deve desprover-se de qualquer tipo de entrave à sua concentração. E, de todos os prazeres menores, o sexo é o que acarreta maior perigo de embriaguez do espírito.

    São poucas as circunstâncias em que devemos tolerar a prática do acto sexual aos nossos camaradas, camaradas. Apenas me ocorrem três: 1) Sexo com o inimigo no intuito de lhe conhecer os planos e as manhas; 2) Procriação com a finalidade de aumentar o exército industrial de reserva, esmagado e revoltado; 3) Sexo com @s filh@s das classes abastadas para épater la bourgeoisie (é francês, camaradas).

    Penso que este enquadramento é suficiente para salvaguardar a felicidade carnal de todos os anacletos. Mas, camaradas, haverá alegria mais definitiva e prazer mais orgásmico do que a gargalhada utópica de lutar por um mundo melhor?

    Salada Russa ou Coktail Molotov ?

    É agora ou nunca


    O camarada Tchernignobyl nota bem como muita gente já quis enterrar o sempiterno inspirador dos anacletos deste mundo (a propósito: Anacletos de todo o mundo, uni-vos!), Karl Marx, mas que afinal ele continua vivo. Pois continua, camarada, e eu vi-o com estes dois que a terra há-de comer. Foi em Graceland (Memphis, Tenessee), estava de óculos escuros e vestia umas roupas emprestadas por Elvis Presley, da fase Las Vegas. Perguntei-lhe, a transbordar de ânsia: “Camarada Karl, quando será instaurada a Ditadura do Aborto? Quando verá a luz a Ditadura do Toxicodependente?” Levantou os óculos para cima da testa, pôs o braço por cima do ombro de Jenny (que vestia uma mini-saia provocante) e disse: “It’s now or never”.

    Nos Açores correu melhor...

    Nos Açores as coisas correram melhor:

  • O Bloco tinha obtido 1.4% em 2000 e obteve agora uns honrosos 0.9% conseguindo ficar à frente do PDA.

  • Em termos de deputados, o Bloco não tinha conseguido eleger nenhum em 2000 e conseguiu manter este resultado em 2004. Consolidámos a nossa posição.

    Contribuimos assim de forma decisiva para a derrota do PSD e do CDS/PP. A extrema-direita neoliberal não passará.
  • OS REVISIONISTAS DO BLOCO SOFRERAM UMA ESTRONDOSA DERROTA NA MADEIRA

    Apesar dos avisos que o Anacleto endereçou em devido tempo aos nossos queridos líderes, o Bloco não inverteu o rumo dos acontecimentos e sofreu uma estrondosa derrota na Ilha-Mártir da Madeira. As eleições legislativas organizadas pela ditadura madeirense produziram os seguintes resultados:

  • O Bloco perdeu cerca de 19.4% do seu eleitorado.

  • A votação do Bloco passou de 4.8% (obtidos pela UDP em 2000) para 3.6%, um resultado verdadeiramente anaclético que superou mesmo os 3.9% obtidos pelo Soares II.

  • Apesar do aumento global do número de deputados eleitos para o parlamento regional, o Bloco elegeu apenas 1 deputado contra os 2 eleitos pela UDP em 2000. O objectivo confesso dos dirigentes locais do Bloco era manter os seus 2 deputados.

  • Na Madeira, o Bloco passou a ser o 5º partido mais votado, tendo sido mesmo ultrapassado pelo partido-zombie. A UDP era o 4º maior partido.

    Lembramos os nossos leitores que os nossos queridos líderes se envolveram directamente na campanha eleitoral e que, por isso, esta derrota também por eles deverá ser assumida.

    É tempo dos dirigentes do bloco assumirem as consequências políticas deste resultado e darem lugar ao Anacleto.

    PSR: Com um deputado a menos, as coisas ficam pretas. O ordenado do Miguel Portas não dá para tudo? Lá teremos de pedir mais um empréstimo bancário.
  • domingo, outubro 17, 2004

    Uma Nova Galeria

    A galeria de pensadores anacletos foi alterada. Demos entrada às camaradas Ana Cleta Gomes e Ana Cleta Drago que tanto têm feito para entrar nesta galeria. Finalmente conseguiram, por mérito próprio. O Camarada Rosas, que todas as semanas se transcende e se renova numa absoluta cultura anacleta regressa à Galeria, satisfazendo os pedido de dezenas de milhares de leitores anacletos. Desta galeria só há um que nunca sai. O verdadeiro Anacleto, na galeria ao lado de uma desconstrução de Derrida.

    Em breve, uma nova montra de intelectuais. Quem entra? Quem sai? Não perca a próxima galeria dos pensadores da esquerda moderna num blogue perto de si.

    sexta-feira, outubro 15, 2004

    O Ovo do Grande Capital

    Muito se tem discutido a questão do ovo mas os camaradas estão a esquecer-se da questão essencial: o perigoso desvio do Anacleto Louçã, figura inspiradora que muito respeitamos mas que pontualmente se deixa seduzir pelas mentiras dos lacaios do Grande Capital Especulativo.

    É que o importante não é saber quem pôs o ovo mas sim discutir de que forma o ovo deve ser distribuído. Colocar a questão exclusivamente no campo da produção, esquecendo a importante vertente da justiça social na distribuição é abrir o flanco à ofensiva das forças neo-liberais de extrema direita. É preciso, certamente, combater a exploração do homem pelo homem, mas não menos importante é combater a exploração da galinha pelo homem, uma matéria em que todos temos muito a aprender com os Anacletos ecologistas.

    P.S.: Aproveito para clarificar que, apesar da quase coincidência de acrónimos, não tenho qualquer ligação à Associação dos Anacletos Animais, soberbamente dirigida pelo camarada Anacleto Cordeiro Leitão que, aliás, muito prezo e estimo, particularmente em almoços e jantares revolucionários.

    O Ovo e a Angústia Existêncial


    Perguntas Desnecessárias

    O camarada Vital, apesar de algumas transigências com o libero-fascismo vigente, é um Anacleto dos quatro costados. Reparem, camaradas, como também ele pertence a esse blogue cuja postura anacleta era inicialmente titubeante e agora é inequívoca. Foi de lá que também veio a camarada Ana Cleta Gomes. Mais uma vez, O Anacleto obriga ao reposicionamento ideológico ao definir claramente quem está com a revolução proletária e homossexual e quem não está. Quem está com a Ditadura do Toxicodependente e quem não está. Quem pactua com o revisionismo m-l (metrossexual-lesbiano) e quem não pactua.
    Nós não pactuamos e esperamos que o camarada Vital também não. Mas notamos nele algumas hesitações que nos preocupam. Pergunta-se ele aqui: “os eleitores americanos serão estúpidos?”. Camarada Vital, é uma pergunta desnecessária. Os eleitores americanos são estúpidos e por duas razões: porque são americanos e porque são eleitores. A expressão eleitor americano estúpido é o cúmulo da redundância. Só um estúpido (ou seja, dito de forma equivalente, um americano) acredita em eleições. Só há um caminho e esse caminho é a revolução, a única possível: a revolução transgender. É a instauração da Ditadura do Aborto. Camarada Vital, sobre isto não há dúvidas: os eleitores americanos são estúpidos, até diria que são abortos, se isso não fosse invocar sagradas palavras revolucionárias em vão. Camarada Vital, a Ditadura do Toxicodependente espera por nós. Vamos lá a acabar com as perguntas e passar às afirmações.

    O ovo da galinha marcela


    E se uma vaca quiser por um ovo ?

    Da Associação dos Anacletos Animais (ÁÁÁ), recebemos por SMS a seguinte missiva que passamos a transcrever na integra e sem censuras:

    Caro Anacleto,

    Ontem, na Assembleia Burguesa da República, o nosso querido líder Prof. Doutor Louçã [vénia], declarou:

    "Se numa sala estiver uma galinha e uma vaca e aparecer um ovo, quem é que pôs o ovo?" (Cf. DN, 15/10/2004, p. 12)

    Esta é uma questão provocatória e demagógica e constitui um verdadeiro ataque aos direitos humanos dos animais.

    Perguntamos nós:

    Se a vaca quiser por um ovo o que é que nós temos a ver com isso ? A escolha é dela e da sua consciência ! Aliás, se a vaca não conseguir por ovos o Estado deverá garantir que todos tenham acesso ao procedimento médico adequado !

    E se a galinha decidir nunca por ovos o que é que nós temos a ver com isso ? Não devermos impor os nossos preconceitos ancestrais às outras espécies.

    E se a galinha e a vaca se juntarem e decidirem adoptar um ovo ? Quem é que lhes poderá apontar o dedo ? Quem somos nós para lhes negar o direito constituirem família ?

    Este comportamento do Doutor Louçã deixou-nos muito perturbados. Nós até estávamos a pensar conceder ao camarada Louçã a nossa maior distinção: preparávamo-nos para o declarar 'Animal honorário'. Mas assim teremos de escolher outro candidato (também é verdade que não faltam anacletos dignos desta distinção).

    Camara Anacleto, nós sabemos que podemos contar contigo para lutar pela liberdade e pelos direitos humanos dos animais. Publica esta carta no teu blogue, s.f.f.

    Ass.

    Anacleto Cordeiro Leitão
    Presidentes da ÁÁÁ- Associação dos Anacletos Animais

    O Ovo é do Povo!

    "Imagine que fechamos Marcelo Rebelo de Sousa a criticar o Governo, o presidente da Media Capital, que tem negócios com o Governo, e o ministro dos Assuntos Parlamentares a acusar Marcelo de fazer comentários de ódio ao Governo. Aparece um ovo e é corrido o professor Marcelo. Quem é que pôs o ovo, senhor primeiro-ministro?"
    Francisco Anacleto Louçã
    É nisto que devemos pensar, camaradas. O nosso líder Louçã deixou o desafio: quem pôs o ovo? A direita não respondeu. A direita é ignorante e burra. A direita ígnara não sabe quem põe os ovos. A direita desconhece os mais básicos conceitos sobre a postura. A direita quer ficar com o ovo mas o ovo é do povo.

    A esquerda não pode ficar calada e deve ser capaz de dar resposta aos anseios mais legítimos do povo português. Só a esquerda é culta e conhecedora dos problemas zoo-sociológicos que impedem e limitam o desenvolvimento do país. Só a esquerda pode descobrir quem pôs o ovo.

    Camaradas, vamos responder ao desafio do nosso líder Anacleto Louçã. Mostremos à direita quem pôs o ovo. Hoje, em todas as reuniões das células locais da revolução, este deve ser o tema em debate.

    Palvaras de Ordem:
    • "O Ovo é do Povo".
    • "Não aos Ovos Cozidos de Galinácios Oprimidos, Não aos Ovos Estrelados de Galinácios Explorados".
    • "Dizemos Sim às Omeletas Anacletas".

    Lembrem-se camaradas: "Uma Outra Postura é Possível!"

    (Mais) Coragem Debaixo de Fogo

    Primeiro foi o nosso líder Anacleto Louçã. Agora foi a vez do Grande Educador da Classe Operária Fernando Rosas que, com o risco da própria vida, ousou visitar o gulag madeirense. Contando com a cumplicidade das massas populares iludiu a vigilância dos esbirros do ditador e realizou uma grandiosa acção de propaganda contra o regime do fascista Jardim.

    Legenda da foto: o Grande Educador da Classe Operária exibe o seu escárnio revolucionário perante a impotência ditador madeirense

    quinta-feira, outubro 14, 2004

    Isto sim, é informação relevante e objectiva!

    "De cada cem escudos pagos em portagens à Brisa, noventa vão para o bolso do patrão." Carlos Carvalhas, Anacleto Divisionista, hoje na Assembleia.

    Obrigado, camarada Anacleto Carvalhas. Por esta informação pedroamos-lhe o divisionismo. Obrigado por saber e nos ensinar tantas coisas. Sem si seríamos ignaros. Basta ver que com o IVA a 19%, estes malandros têm lucros correspondentes a 107% das vendas. E lucros antes de impostos de pelo menos 148% das vendas. Os malandros, por cada 100 euros que recebem ganham 148. É isto o neo-liberalismo selvagem! É isto o capitalismo! Todo o lucro é um roubo.

    SMS para a Brisa: "Melo, ladrão, nem mais um tostão!"

    CENSURA NA INTERNET !!!!

    Desde o seu nascimento, o Anacleto gostava de iniciar o seu dia visitando o site do PSR na Internet. Servia-nos de inspiração. Dele retirávamos o alimento espiritual necessário para fazer face às arremetidas do capitalismo globalizante e à ofensiva totalitária deste governo neoliberal da extrema-direita que nos desgoverna.

    Lembramos que o minifesto do Anacleto foi parcialmente redigido com base nos estatutos do PSR.

    Mas não mais o Anacleto poderá beber nessa fonte a água pura da verdade a que temos direito.

    O site do PSR deixou de estar acessível !

    Mais uma vez os capitalistas bloquearam o acesso do povo trabalhador à Verdade a que temos direito. Esta medida integra-se na ofensiva deste governo contra as liberdades fundamentas dos portugueses e das portuguesas (etc...)


    P.S. Felizmente o cache do Google mantém disponível uma versão das páginas desaparecidas.

    O povo "IGNARO" gosta de circo e ouve o Quim Barreiros

    "À sagacidade circense [de Alberto João Jardim], o PS das «novas fronteiras» tem oposto, embora com menor sucesso, Quim Barreiros...Assim os modernos vincam o seu desvelo com a cultura e com os desejos mais simples do povo ignaro"

    Dr. Miguel Portas, Economista, Eurodeputado, no DN de 14/10/2004

    PSR: Ignaro: adj. 1. Que é falto de instrução; ignorante. 2. Estúpido, insensato.

    É por estas e por outras que o Anacleto acha que o sistema eleitoral deveria ser reformado de forma a que só as pessoas instruídas (i.e. da nossa esquerda) pudessem votar.

    quarta-feira, outubro 13, 2004

    Guterres 2006

    Camaradas,

    O sucesso que O Anacleto tem tido não faz senão aumentar as nossas responsabilidades. Devemos por isso ter uma voz activa nos actos eleitorais que se avizinham (sim, eu sei, as eleições são coisa de democracia burguesa, mas só estando dentro do sistema é que o podemos destruír). Ponho à consideração o apoio ao Anacleto Guterres, candidato susceptível de federar todas as forças revolucionárias e que tem no seu currículo um longo passado de luta anti-fassista, como atestam as fotografias que se seguem.

    O Anacleto e o Renegado Toy

    Camaradas,
    A hora é grave. Leia-se a seguinte notícia, saída hoje na folha neo-imperial de tendência chiraquiana que dá pelo nome Diário de Notícias:
    Os militares da GNR destacados no Iraque vão, dentro de dias, assistir a um concerto com um artista genuinamente português. Toy (…), autor de grandes êxitos como Sensual e Olhos de Água, parte no dia 23 para o país onde “reinou” Saddam Hussein (…).

    Camaradas, será este o mesmo Toy que merece o primeiro lugar na galeria de Anacletos que encima O Anacleto? O mesmo que sempre inspirou, com a sua trova, a Revolução Proletária e Mundial? Não, camaradas, este é o Renegado Toy! O Traidor Toy! O cobarde que pactua com as forças imperiais e bushistas que invadiram esse farol da Revolução que era o Iraque do camarada Saddam. Expulsão imediata do neo-fascista Toy do Anacleto. Toys não Are Us!

    Rosas com espinhos

    Camaradas,

    Apesar de militante fundador d'O Anacleto, tenho-me mantido afastado do debate elevado e da corajosa participação cívica que por aqui se produz, descontente que estou com algumas tomadas de posição reaccionárias e totalmente descredibilizadoras do espírito revolucionário que deveria animar este projecto (blog é palavra vinda do Grande Satã!).

    Porém, não mais posso conter a revolta, camaradas. É hora de pousar a chave inglesa e falar bem alto.

    A vassalagem que o Anacleto tem prestado a Nando Rosas, esse fassista encapotado, é de uma ingenuidade assustadora, não condizendo com o esforço necessário para sabotar a roda dentada do capitalismo opressor. Porque Rosas não serve para travar a locomotiva galopante dessa tenebrosa coligação neo-liberal-fassista, é, pois, nosso dever hostilizá-lo e não idolatrá-lo.

    Sempre que vejo Rosas, lembro-me do opressor que está ali em cima no escritório, o dono ilegítimo dos meus meios de produção, o fassista que me explora até às entranhas. A figura e os hábitos insuportavelmente burguesas são os mesmos: o corpo anafado de capitalista abastado, as camisas francesas mais caras que o melhor dos berbequins, o cheiro transeabundo (temos que incorporar no léxico revolucionário as palavras do Povo!) do cachimbo.

    Camaradas: A Revolução não pode tolerar desvios burgueses desta sorte. Lembro com saudade o dia em que Zita Seabra, essa traidora da classe operária e dos ideais de liberdade de escolha das mulheres portuguesas, foi expulsa do PCP por ter começado a frequentar pastelarias e ginásios. Rosas só será o Grande Educador que os camaradas julgam que ele é quando adaptar as suas condições de existência às condições miseráveis de vida das massas oprimidas. Só será um contributo para a marcha inexorável do Socialismo quando deixar de se dedicar aos prazeres inúteis do consumismo burguês.

    Por enquanto, é apenas um pseudo-intelectual que se aproveita dos valores da Revolução para cumprir o objectivo em que está veradeiramente empenhado: a acumulação de capital.

    A Espuma Bacoca dos Sequazes Caudilhistas da Santanada

    O pasquim reacionário do capitalista Belmiro e do fascista neo-com Fernandes voltou a fazer das suas. Hoje, coloca lado a lado no jornal um brilhante ensaio do camarada Anacleto Nando Rosas, outro lindo ensaio do intelectual luso que melhor compreende Derrida, Anacleto Prado Coelho e, vejam só... um artigo do fascista capitalista ultra-direitista neo-conservador defensor do neoliberalismo selvagem, o bushista Rumsfeld.

    Conforme foi decidido em anteriores reuniões do Politburo, todos os camaradas são obrigados à endoutrinação quinzenal pelo camarada Rosas; Esta semana, antes de absorvermos sôfregamente os ensinamentos é preciso rasgar revolucionariamente a página de Rumsfeld que conspurca pela proximimidade a moral revolucionária dos dois intelectuais Anacletos. Aplicando Derrida, só a desconstrução de tal página permitirá a compreensão integral dos pensamentos de Rosas.

    O artigo do camarada Rosas deve, como sempre, ser lido na íntegra. Consiste num ataque vivo, brilhante, transbordante de humor, às políticas dos fascistas Santana-Portas. Se o conteúdo está ao nível mais alto a que Rosas sempre nos habituou, aa djectivação atinge os píncaros do espírito revolucionário. Este brilhante discurso só é possível se criado em neurónios de qualidade comprovadamente anacleta.

    Aqui ficam algumas das melhores expressões usadas hoje pelo nosso ídolo Rosas:

    "...a santanada tropeçou em si mesma, tal a inabilidade e a estrutural incompetência em que este Governo se encontra atolado"
    "...a dupla Santana-Portas e seus sequazes"
    "as criaturas do dr. Santana"
    "exercício de populismo caudilhista"
    "...a espuma da intrigalhada da política menor"
    "..."os delírios bacocos da política de defesa."
    Aqui no Anacleto esperamos com indisfarçável ansiedade pela próxima quinzena. O artigo de Rosas é sempre motivo de máxima felicidade e inspiração para todos os que colaboram neste blogue.

    Turismo sexual na Madeira - o Anacleto denuncia!

    O sector púbico é uma vergonha, o Alberto João é um panhonhaO Bloco de Esquerda, casa de alguns dos melhores Anacletos deste país, continua a dizer as verdades escondidas ao povo, mesmo àquele que vive num paraíso fassista, como é o caso da ilha mártir da Madeira...
    Hoje de manhã, este Anacleto teve a sorte de receber na sua caixa de correio, antes de ser censurada, um panfleto do Bloco, em que se podem ler verdadeiras pérolas da luta contra os anti-democratas que governam a ilha. Senão vejamos:

    No panfleto,

    A nossa economia continua dependente do sector púbico e do endividamento, desaparecem as actividades produtivas e o turismo caminha para dificuldades.

    E no site do Bloco,

    A nossa economia continua numa encruzilhada, porque assenta fundamentalmente num modelo de desenvolvimento dependente do sector púbico e do endividamento.

    À primeira vista, a repetição constante da expressão sector púbico pode parecer um erro de impressão mas, ao olho anacleto experiente, trata-se obviamente de fugir à censura, prática corrente em Portugal e ainda mais evidente na Madeira. Trata-se claramente de uma tentativa dos Anacletos insulares de chamar a atenção para o problema do turismo sexual existente na Ilha, e que os governantes fassistas da mesma tentam, a todo o custo, esconder...mas o verdadeiro Anacleto denuncia, aponta o dedo e critica...

    Proposta de SMS a enviar a todos os Anacletos Madeirenses:

    O sector púbico é uma vergonha, o Alberto João é um panhonha.

    A democracia segundo Daniel (o jovem revolucionário)

    Daniel Oliveira, Porta-voz e dirigente do Bloco, em entrevista a 'A Capital':

    "Sempre que há alguém que é discriminado por qualquer uma das suas opções, é toda a sociedade que é interpelada. A democracia é um tecido coerente que não permite que haja uma parte da população...que possa estar fora dela."
    Daniel Oliveira comentando a nomeação de Rocco Buttiglione, um Católico, para Comissário Europeu:

    "...determinadas convicções pessoais impedem o exercício de determinadas funções públicas..."
    O Anacleto concorda em absoluto com o jovem anacleto Daniel. De facto, é inconcebível que as funções públicas estejam abertas a quem não pretende empurrar o país e a Europa para o séc. XXII.

    Mas nós vamos mais longe: Por exemplo, porque não seguir o exemplo dos jornalistas e obrigar os juízes e polícias a serem todos bloquistas?

    O nosso homem em Washington



    '... When John Kerry is president, people like Christopher Reeve are going get up out of that wheelchair and walk again...We will stop juvenile diabetes, Parkinson's, Alzheimer's and other debilitating diseases.'

    John Edwards candidato a vice-presidente dos EUA

    À atenção do gabinete de propaganda do Bloco.

    terça-feira, outubro 12, 2004

    Eles andam no meio de nós...

    Diga sim às drogas, diga não à Drago!Quem? Quem? perguntará certamente o camarada Anacleto que lê este blogue? E eu respondo-lhe: os traidores, camarada Anacleto, os traidores camuflados de Anacletos andam no meio de nós...
    Desta vez o mau exemplo é dado pela nossa ex-camarada Ana Drago, agora rebaixada ao nível de lambe-botas do governo fassizóide que nos desgoverna e arruina o proletariado e o operariado português! É que a exma. deputada Anacleta Drago reagiu à intervenção de Marcelo Caet...Santana Lopes de ontem à noite, classificando-a como uma "quase desilusão".
    Desilusão? Quase desilusão? Mas, camaradas, só se desilude quem espera algo à partida. Parece-me a mim que esta quase ex-Anacleta, doravante conhecida por Dra. Ana Isabel Drago Lobato, anseia secretamente ser uma Santanete, usar casacos de pele e maquilhagem testada em animais. É por isso que proponho, com carácter de urgência, o afastamento desta ex-camarada do Anacleto. Não queremos falsos Anacletos entre nós...vai-te alistar no PP, ó socióloga Drago...

    Proposta de SMS anti-traidores:

    Diga sim às drogas, diga não à Drago!

    Em alternativa usar o correio electrónico da futura ex-Anacleta, em blocoar@ar.parlamento.pt.

    25 de Abril Sempre! Mercados Nunca Mais!


    A notável previsão (toda ela construída com base nos mais sólidos princípios científicos do anacletismo dialético) do camarada Fernando Rosas (acima na imagem) de que o preço do barril de petróleo estaria prestes a atingir os 80 dólares, está em vias de concretização. Como comprova a outra imagem acima, a subida segue imparável. Tudo isto apesar da ditadura dos mercados (sim, porque para O Anacleto todos os mercados são fascistas, a maior parte das vezes de tendência neo-straussiana) que procuram boicotar a concretização da profecia. Tudo isto apesar do regresso da censura a Portugal, 30 anos depois de Abril. A censura, depois da calar a voz do camarada Mumia Rebelo de Sousa (esse paladino dos fracos e oprimidos), não nos deixa saber o verdadeiro preço do petróleo, que já estará certamente próximo dos 75 dólares ou talvez já tenha subido acima dos 80. Abaixo o fascismo dos mercados! Abaixo a censura! Viva o camarada Marcelo! Camarada Rebelo, chega-lhes ao pêlo!

    TVI - Batanetes com audiência superior à de Marcelo

    Escândalo: A Extrema-Direita domina TV !

    Na sequência do tempo de antena do PSD a que ontem à noite todos os portugueses foram obrigados a assistir, queremos aqui fazer coro com a análise feita pelo Barnabé:
    "Não é justificável editorialmente que o PM passe 15 minutos a debitar promessas num exercício de pura instrumentalização de um orgão de comunicação social privado...talvez a absoluta dependência do governo de Santana pela mediatização possa servir para introduzir alguma reflexão e critério no papel da informação televisiva."
    O Anacleto decobriu provas irrefutáveis de que de facto a extrema-direita neo-liberal ultra-conservadora que nos desgoverna manipula e censura a TV:




    Fonte: Marktest

    Lembramos que de acordo com o Prof. Doutor Francisco Louçã [genuflexão], cada partido deveria ter uma cobertura televisiva proporcional à sua importância eleitoral.

    segunda-feira, outubro 11, 2004

    Coragem Debaixo de Fogo

    Com grande risco para a sua integridade pessoal, o nosso líder Anacleto Louçã deslocou-se clandestinamente à ilha da Madeira. Anacleto entrou incógnito na ilha auxiliado pelos bravos membros da resistência local e deslocou-se a um local secreto onde numa sessão de esclarecimento explicou brilhantemente aos presentes conceitos políticos base: O Anacleto da direita, Jardim, é fascista, o sacana do Santana do continente é igual ao ditador Jardim. Anacleto teve ainda tempo para esclarecer os anti-fascistas resistentes dos benefícios da socialização do agro-mar. Sentindo o perigo de ser detectado pela polícia política, o líder regressou rapidamente ao continente, onde chegou são e salvo.

    Esta incursão nos terrenos da ditadura é mais uma demonstração evidente da inabalável coragem do maior de todos os Anacletos.

    SMSs:

    Salvé Camarada Anacleto Sem-Medo!
    Grande Líder Louçã: o Bairro Alto hoje, a Madeira Amanhã.
    A Madeira está contigo, o agro-mar é nosso amigo!

    Onde é Que Andam os Anacletos?

    No BdE Filipe Moura ataca um dos maiores Anacletos de sempre: Jacques Derrida. Passadas mais de duas horas ainda ninguém se deu ao trabalho de condenar este desvio direitista. Como é? Vocês andam a dormir ou também não leram Derrida?

    Bloco de Esquerda dedica-se à produção de programas de humor

    "Tendo como base o primeiro tempo de antena do Bloco de Esquerda nas eleições regionais da Madeira, o PSD anunciou um processo crime contra o Bloco de Esquerda.

    Uma atitude de desespero do Dr. Alberto João Jardim, o mesmo dirigente que criticava as oposições por não terem sentido de humor...

    ...É preferível utilizar o humor, como faz o Bloco.

    O Bloco de Esquerda...vai continuar a usar, sempre que entender por conveniente, o humor e a ironia nos seus tempos de antena." (Bloco de Esquerda)
    Mais uma vez os revisionistas neoliberais que tomaram conta do Bloco de Esquerda comprometem o sucesso eleitoral do Bloco. Já não bastavam o humor nonsense do Doutor Rosas, as anedotas do Dr. Miguel Portas e o humor físico do Doutor Louçã...chegou agora a vez dos tempos de antena do partido !

    O Bloco deve seguir o exemplo do Anacleto: não se brinca com coisas sérias.

    sábado, outubro 09, 2004

    A Voz da Classe Comentatária



    Camaradas: em Portugal já não há liberdade de expressão. Os fascistas que tomaram o poder já actuam às claras. Calaram o camarada Marcelo!

    O governo de Portas-Santana não deixa o camarada Marcelo falar. O camarada Marcelo só não fala porque está amordaçado. Ele quer, mas os fascistas impedem-no. Ainda ontem, todos vimos que quando os jornalistas interrogavam Marcelo, do seu rosto apenas transparecia medo e terror. Da boca de Marcelo apenas saem silêncios amargurados.

    O camarada Marcelo queria denunciar o desgoverno da extrema-direita. O fascista Lopes calou-o. Lutemos contra isto, camaradas. Junta-te à luta dos nossos companheiros da ATTAC, exiga-se uma taxa sobre os contraditórios. Temos que ser muitos a lutar. Não será apenas um pequeno grão-de-areia que destruirá a engrenagem do capitalismo global neo-liberal. Temos que ser pelo menos um calhau arenoso.

    Camaradas, leiam o que escreve o melhor blogue da esquerda intelectual, o Anti-Direita Portuguesa. "Se Marcelo Rebelo de Sousa fosse do PS, do PCP ou do BE, além de ser pressionado para sair da TVI, parece que ainda seria preso!!!!!!" Claro que seria preso, camarada José! Vivemos numa ditadura, quem abre a boca vai dentro.

    Juntem-se ao blogue da esquerda popular, que está em vias de entrar para o Guinness, como recordista mundial do número de posts na defesa da voz do nosso companheiro de luta anti-fascista.

    Junta-te ao camarada Rainha na denúncia de mais casos de censura do fascista Lopes. Se não for a esquerda a defender o Camarada Marcelo, quem o fará?

    Manif, hoje no Campo de Santana, em defesa do direito à voz do camarada Marcelo.

    Palavras de Ordem:

    "O Marcelo está calado, Portugal amordaçado".
    "Marcelo, Amigo, A Esquerda está contigo".
    "Santana, Censor, deixa falar o Professor".
    "Ninguém Calará a Voz da Classe Comentatária"

    PS: Camaradas, não sei se mais alguma vez poderei escrever sobre este assunto. Aqui no Anacleto, sabemos de fonte segura que o fascista Lopes está a pressionar os donos do Blogger para nos calar...

    sexta-feira, outubro 08, 2004

    O Barnabé é o Ópio do Povo !

    Este indescrítivel post desse blogue pseudo-bloquista que é o Barnabé, é um atentado contra a liberdade religiosa e contra a lei de separação entre igreja e os blogues.

    Reparem bem: a publicidade a uma quantidade de religiões com símbolos a cores e em grande formato. Por baixo, a referência ao ateísmo e ao agnosticismo em letra pequena e a preto. Esse pequeno Goebels que é o Daniel Oliveira, sabe-a toda ! Ele é um especialista em publicidade subliminar. Já para não falar da propaganda sionista, logo em primerio plano.

    Mas o pior é o que está para vir. Estas superstições medievais, estas crendices indignas do Homem (inclui mulheres, LGBT, etc...) moderno atingiram já os estratos mais rarificados da liderança do Bloco:

  • O Dr. Miguel Portas [vénia] escreve um artigo de apologética: "Deus Existe !", afirma o nosso querido líder.

  • O Prof. Doutor Francisco Louçã [genuflexão], aluno do liceu Padre António Vieira, confessa que o seu percurso político ficou indelevelmente marcado pela Igreja: "Em Dezembro de 1972, na Capela do Rato, Francisco Louçã e Bernardo Vasconcelos e Sousa são presos"


  • A Drª Ana Drago [extase] demonstra uma inabalável fé na concepção por obra e graça do Espírito Santo: "o meu útero...mera incubadora"

  • Mas a prova das provas é o Prof. Doutor Francisco Anacleto Louçã ! Olhem bem para aquela figurinha e digam lá se não é verdade que ele pratica o jejum e a abstinência há já largos anos?


    Só no Anacleto se mantém vivo o dogma da fé no Ateísmo. Só no Anacleto existe verdadeira liberdade religiosa. Os Anacletos podem escolher qualquer religião desde que seja o Ateísmo (aceitam-se, à experiência, agnósticos não praticantes).
  • Censura burguesa má. Censura proletária boa. Solução é nacionalizar.

    Tendo em conta as opiniões divergentes e os sinais contraditórios emitidos por alguns direigentes do Bloco, o Anacleto, fiel à sua missão de educador do proletariado, esclarece a posição revolucionária sobre a censura:

  • Censura Proletária boa

    "the proletariat may find itself forced, for a period of time, to take special measures against the bourgeoisie, if the bourgeoisie adopts an attitude of open revolt against the workers' state. In this case, restrictions to the freedom of the press go hand in hand with all other measures used in preparation for a civil war. When forced to use artillery and aviation against the enemy we will obviously not tolerate this same enemy maintaining his own centers of information and propaganda inside the camp of the armed proletariat." (Leon Trotsky, 1938)

  • Censura burguesa má

    "Theory, as well as historic experience, testify that any restriction to democracy in bourgeois society, is eventually directed against the proletariat, just as taxes eventually fall on the shoulders of the proletariat. Bourgeois democracy is usable by the proletariat only insofar as it opens the way for the development of the class struggle." (Leon Trotsky, 1938)

  • Nacionalize-se a comunicação social

    "The real tasks of the workers' state do not consist in policing public opinion, but in freeing it from the yoke of capital. This can only be done by placing the means of production - which includes the production of information - in the hands of society in its entirety. Once this essential step towards socialism has been taken, all currents of opinion which have not taken arms against the dictatorship of the proletariat must be able to express themselves freely." (Leon Trotsky, 1938)

    O Anacleto - Um Blogue Serviço Público.

  • quinta-feira, outubro 07, 2004

    Isto Ando Tudo ao Contrário...

    Camarada Rosas, passaste-te, ou quê? Mas o que é isto de estares na televisão a falar bem do Cavaco, do Marcelo, do Marques Mendes, do Menezes e do Pacheco? Agora deste em elogiar esses gajos da extrema-direita?

    Ó camarada, eu sempre admirei a tua verve e a tua superior intelectualidade e agora com essa conversa estás a deixar o povo confuso... Então esses tipos afinal são fascistas ou amigos da revolução? Ouve lá, pá, estás a abanar as minhas convicções...

    Esclarece-me por favor, camarada Rosas. Olha... manda-me um SMS, tá?

    A Camarada Ana Cleta Pedeu a Razão

    Camaradas. Vivemos um momento de extrema gravidade. A Camarada Ana Cleta acaba de convidar aquele tele-evangelista hipócrita para o seu blogue.

    Camarada, O Anacleto vê-se forçado a retirar o convite que lhe tinha dirigido. O seu desvio direitista não merece perdão. E não venha cá com a história que foi tudo em nome do 25 de Abril!

    Não sei se o Dr. Miguel Portas tem razão !

    O Dr. Miguel Portas [vénia] no DN de hoje:
    "...a Administração ultraconservadora de Washington advoga a causa da entrada da Turquia [na UE]...

    ...Porque sou, apesar de tudo favorável?...A uma tampa costuma seguir-se um virar de costas e não uma humilhação ajoelhada..."
    Em três ou quatro linhas um rio de sabedoria sobre o leito duma diversificada experiência de vida.

    O Dr. Daniel Oliveira tinha razão !

    Vê-se que o Dr. Daniel Oliveira [vénia] tem estudos:
    "projectos jornalísticos em Portugal são clara ou tendencialmente de direita."
    Contra factos não há argumentos.

    Isto explica também a censura que o Barnabé faz ao Anacleto. E no nosso caso ninguém pode dizer que não temos contraditório. O camarada Anacleto Contraditório está farto de escrever na nossa caixa de comentários.
    Uma dúvida teórica:

    O Mumia Rebelo de Sousa aumenta as hostes do exército industrial de reserva, logo estamos mais próximos da revolução, certo?

    Free Mumia Rebelo de Sousa

    Não pára a ofensiva fascista, na sua versão Santano-Portista. Primeiro quiseram censurar a voz desse resistente anti-fascista maior, desse bastião da liberdade, Mumia Rebelo de Sousa. Depois calaram-na mesmo. Para quando o regresso dos filmes cortados quando os actores se beijam? Para quando o regresso dos jornais com páginas em branco? O Anacleto propõe mesmo aos camaradas da TVI que, no lugar da lúcida análise revolucionária do camarada Mumia, se deixe o seu habitual espaço de uma hora com o ecrã inteiramente em branco, a fim de se ilustrar os dramáticos efeitos da censura sobre a liberdade de expressão tão duramente conquistada em Abril. Para quando o regresso da PIDE e da tortura? Como diz aqui a camarada Ana Cleta, afinal foi para que nada disto voltasse a acontecer que se abriram as portas (e não o Portas, sim, o outro…) que Abril abriu. Morte ao fascismo! Free Mumia Rebelo de Sousa!

    "o caso mais grave de censura em Portugal desde os tempos revolucionários"

    O maior caso de censura em Portugal desde os tempos revolucionários é, para além do silenciamento do Anacleto pelos Blogs revisionistas da extrema-esquerda, a censura exercida sobre o Major Tomé.

    O Major Tomé é o líder histórico da UDP. A UDP é o maior partido do Bloco de Esquerda. Os militantes da UDP enchem as escolas de Verão e, no entanto, os media excluem, discriminam e amordaçam o Major.

    O próprio site do Bloco de Esquerda menciona-o apenas 2 ou 3 vezes. É inconcebível !

    Isto acontece porque, ao contrário daqueles que se escondem atrás do 'pós-marxismo' e da 'social-democracia radical', o Major sabe bem qual é o rumo a seguir:

    "A Venezuela é hoje uma demonstração de como é possível governar com o povo, contra o imperialismo e as oligarquias, e assegurar a democracia representativa e todas as liberdades democráticas e direitos humanos. Numa altura em que as questões de poder democrático exigem soluções cada vez menos ortodoxas e cada vez mais assentes na participação democrática e cidadã, no confronto com as oligarquias e o imperialismo, o exemplo da Venezuela tem de ser forçosamente tido em conta."(Major Mário Tomé [sentido], 24-09-2004)

    Camarada Tomé, o Anacleto está contigo. A Venezuela é o novo farol do Socialismo e o camarada Hugo Chaves o novo timoneiro.

    Marcelo é um "tele-evangelista hipócrita"

    Ao contrário do que querem fazer querer os revisionistas do Barnabé, o Bloco fica contente com o silenciamento do Prof. Rebelo de Sousa:

  • "[Marcelo] queria mas sabe que não pode. Por isso, qual tele-evangelista, diverte-se a derreter o que quer mas não sabe se pode...Ele é aquela criatura melíflua que, a livros tantos, surge para atazanar a aldeia gaulesa que resiste orgulhosamente ao imperador romano. Colocar todos contra todos é o seu...supremo gozo. " (Miguel Portas, 19 de Fevereiro de 2004)
  • "Marcelo Rebelo de Sousa, peca por uma dupla e insustentável hipocrisia." (Bloco de Esquerda, 21-11-2001)

  • Diga não à hipocrisia, diga não ao tele-evangelismo, apoie o Anacleto.

    quarta-feira, outubro 06, 2004

    Barnabé vira à direita!

    Algo vai mal, quando os nossos camaradas Barnabés parecem ter (já) mais saudades do proto-fassista Rebelo de Sousa (9 posts seguidos) do que do Camarada Carvalhas...

    The times are (definitely) a-changing!

    "o BE não pode ser uma UDP travestida"

    As dificuldades eleitorais do Bloco agravam-se. Agora é na Ilha Mártir da Madeira que o Bloco encontra dificuldades para se impor:
    a "...base eleitoral e de militância proletária UDP, ...não se identifica com o discurso mais intelectualizado dos bloquistas...os descontentes...em nome de atavismos tradicionais, tentem criar problemas na dinâmica de mudança".

    ..."o BE não pode ser uma UDP travestida" (Público, 06/10/2004)
    Para tentar incutir uns vestígios de civilização nesta cambada de grunhos da Madeira, e na impossibilidade de realizar uma Escola de Verão na Ilha-Jardim, foi necessário proceder a uma renovação do partido e ao rejuvenescimento de quadros:
    "... À frente da UDP [Madeira]desde 1975...Paulo Martins, 54 anos, recandidata-se [pelo Bloco]." (Público, 06/10/2004)
    Apesar destas profundas transformações e do grito de revolta do nosso querido líder Prof. Doutor Fernando Rosas:
    "Para o Bloco de Esquerda, manter os dois deputados que tinha a sua antecessora UDP "já é bom." (Público, 06/10/2004)
    O Anacleto considera que este discurso é derrotista. Também não gostou da indirecta contra @s camaradas trangender e do desprezo a que são votadas as bases do partido.

    Bases da UDP da Madeira - Uni-vos! Quanto se sentirem discriminados e censurados escrevam ao Anacleto. Nós tudo faremos para que a vossa voz se continue a ouvir.

    Chim Camarada, Chó no Anacleto a Luta Continua

    É com profunda emoção e olhos marejados de lágrimas que revelamos a seguinte carta por nós recebida hoje:

    Camarádaje Anaclétoje
    Os órgãos de imprencha burguejes têm pretendido interpretar a minha demichão de checretário-geral do pêchêpê como reprejentando mais uma das minhas (chupostas) chedênchias à linha (dita) conchervadora do partido. Também já os ouvi dizer que este é o rejultado da eleichão de Chócrates para líder do pêéche. Diz-se que, depois da recuja de alianchas por Chócrates, o pêchêpê teria de virar à esquerda. Chó tenho uma coija a dijer (aliás duas) chobre echas interpretachões: Chão mentiras! Chão calúnias!
    A verdade é muito chimples e é uma chó: demito-me agora de checretário-geral e anunchio já que me demitirei de militante do pêchêpê daqui a uns mejes. Porquê? Porque vou aderir ao Anacleto. Quero lá eu chaber dos conchervadores do pêchêpê ou do Chócrates. A verdade é que chó quando o Anacleto aparecheu me pude apercheber da mentira em que vivera toda a minha vida. Chó com o Anacleto eu vi a luz da revolta. Chó com o Anacleto a vitória proletária está garantida. Chó então descobri que o pêchêpê é e chempre fora um partido neo-conchervador a mando do capital financheiro monopolista de raiz imperial. Por icho, camarádaje anaclétoje, venho hoje humildemente pedir a minha adejão à única organijachão onde um horijonte vermelho ainda é pochível: chim, o Anacleto.

    Até Amanhã, Camarada

    Carlos, foi com um extremo pesar que tomei conhecimento da tua declaração. No entanto, compreendo que penses ser chegada a hora de partires rumo ao horizonte vermelho e deixares a outros a árdua tarefa da luta pelo socialismo. Antes de terminar tenho que dizer que foste um verdadeiro Anacleto. Tenho a certeza que graças ao "significativo rejuvenescimento e renovação de quadros" por ti empreendido que o partido não terá dificuldades em encontrar outro Anacleto como tu.



    terça-feira, outubro 05, 2004

    Grândola Serpa, Vila Morena

    Um grande grupo de brilhantes pensadores da esquerda moderna esteve reunido em Serpa, de 23 a 25 de Setembro. O encontro teve como tema "Civilização ou Barbárie". Os presentes manifestaram-se pela civilização, em voto de braço no ar, com 56 votos contra e 22 abstenções. Eram todos, sem excepção, bons Anacletos.

    Na manhã do primeiro dia, após o pequeno almoço, realizou-se um pedipaper subordinado ao tema: "À procura de kolkhozes". O vencedor foi o participante russo que afirma ter encontrado um campo abandonado com maquinaria em cacos, o que imediatamente lhe trouxe à memória os sucessos da agricultura planificada.

    Da parte da tarde, após uma sessão de discussão da realidade actual e do futuro do comunismo no mundo, os participantes assistiram emocionados à projecção do filme “Dez Dias que Abalaram o Mundo”.

    Na manhã do segundo dia todos comeram muito queijo. Por isso, à tarde, quando vieram os discursos, ouviram-se palavras belas... como estas da "jornalista" Anabela Fino:


    "Ao longo de décadas, a simples existência da União Soviética serviu de incentivo (e apoio) não apenas às lutas contra a exploração do homem pelo homem e às conquistas de elementares direitos sociais no interior dos próprios países capitalistas..."
    Vários presentes não conseguiram suster as lágrimas ao ouvirem estas e outras verdades históricas.

    Um especialista anunciou que o petróleo vai custar em breve $125 o barril, ultrapassando largamente a previsão de $80 de um outro afamado especialista, Anacleto Fernando Rosas. Espera-se agora a jogada de Rosas que, em contacto com o Anacleto, já avisou que vai fazer uma nova previsão que surpreenderá tudo e todos e que lhe dará novamente a liderança no mercado das previsões sobre o Barril.

    Saliente-se que após o anúncio do preço futuro do barril, muitos participantes pegaram nos seus telemóveis e investiram todas as suas poupanças nos mercados de futuros do ouro negro.

    Antes do fim do encontro os participantes fizeram testes de QI tendo obtido 150. (todos juntos)

    A declaração final do encontro reflete justamente o elevado nível intelectual dos participantes. De entre várias construções intelectuais de grande pertinência e incisiva genialidade, salientemos algumas que nos parecem particularmente elucidativas do pensamento moderno do grupo de Serpa.

  • O grupo apurou que o "capitalismo, na sua escalada de agressividade, tornou-se um factor de regressão absoluta da humanidade". A culpa é dos EUA, "potência hegemónica" que optou "por uma estratégia de terrorismo de estado de guerras ditas «preventivas» que assume já matizes neofascistas".


  • O grupo não deixou de saudar "a Resistência iraquiana e afegã à ocupação e ao saque em luta pela liberdade e independência", aplaudindo de pé as últimas acções da resistência no Iraque, nomeadamente aquela em que foram eliminados 40 perigosos futuros capitalistas.


  • As cabeçinhas pensadoras de Serpa salientam a lata dos Estados Unidos que são terroristas e depois chamam terroristas a "organizações progressistas e a movimentos revolucionários de libertação como as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia – FARC-EP."


  • Sempre do lado certo, em Serpa saudou-se "o povo cubano como exemplo heróico e vitorioso de Resistência ao imperialismo" e "o povo da Venezuela e o Presidente Hugo Chavez Frias, líder da Revolução Bolivariana, pela vitória alcançada contra a reacção oligárquica e o imperialismo no referendo revogatório..."


  • Para quem ainda tinha dúvidas (nós, no Anacleto não temos nenhumas) proclamou-se "a convicção de que o Marxismo continua a ocupar um lugar central entre as referências teóricas mobilizadas não somente pelos comunistas mas também pelos progressistas do mundo".


  • Reafirmaram uma verdade histórica sobre a fase senil: "...o socialismo é a única alternativa a um sistema capitalista que, ao entrar na sua fase senil, optou por uma estratégia irracional de desespero agressivo que ameaça reconduzir a humanidade à barbárie ou, mesmo, à extinção."
  • No fim do encontro, grande parte dos presentes regressou aos manicómios às residências comunais onde costumam pensar no futuro da humanidade.

    Obrigado, Urbano, foi bonita a festa, pá!

    segunda-feira, outubro 04, 2004

    A camarada Ana Cleta e o boicote ao Anacleto

    É já a todos evidente que o Anacleto assusta o conjunto do sistema ditatorial globalizante de tendência neoliberal e fachada neostraussiana. O PS neoconservador (como muito bem lhe chamou o nosso camarada Manuel Anacleto Alegre) de Sócrates diz que se recusa a fazer alianças com o BE e o PCP. Não espanta, não espanta… E sobretudo não espanta a falta de menção ao Anacleto. Afinal, o Anacleto é hoje a única força verdadeiramente revolucionária no espectro político português. Porque não mencionam Sócrates e Gama (esses caniches de Blair) o Anacleto? Por medo. Limitam-se a mencionar o BE e o PCP porque o BE e o PCP não passam de partidos (como diria o camarada Anacleto Alegre) neoconservadores de fachada radical, enquanto toda a gente sabe que a verdadeira ameaça à globalização socratista de tendência bustorffiana está no Anacleto. O sistema nazi-fascista nacional (do PP ao BE, cobrindo todo o arco da mentira burguesa) conjura-se para excluir o Anacleto, mas o Anacleto não desiste. O nosso barco (nas ondas) ruma ao futuro e podem entrar nele todos quantos sonham em ver as ruínas do salazarismo globalizante de fachada berlusconiana. Estamos a pensar, por exemplo, na camarada Ana Cleta Gomes. Ela bem diz que não reúne as características físicas e mentais para ser “Socranete”. Mas reúne certamente as características para ser uma “Anaclete”. Camarada, abandona esse blogue neofascista de tendência liberalizadora e junta-te ao Anacleto. Transforma-te na nossa Anaclete. Viva a camarada Ana Cleta! Viva o Anacleto! Fim ao boicote ao Anacleto!

    Precisões conceptuais que tudo explicam

    Diz aqui neste panfleto neoconservador de tendência bushista que a cooperativa de artes, cultura e espectáculos Miramax vai despedir 35% do seu pessoal. Pois o Anacleto pode asseverar que é uma calúnia do capitalismo! Lembremo-nos que a Miramax é a mais anacleta das cooperativas artísticas mundiais, tendo produzido a última obra desse anacleto maior de entre todos os anacletos Michael Anacleto Moore. Desmontemos a calúnia ponto por ponto: em primeiro lugar, a Miramax não é uma empresa, mas uma cooperativa de artes, cultura e espectáculo; ora, uma cooperativa não visa o lucro e, logo, não despede pessoal. Em segundo lugar, e como corolário do primeiro ponto, o que uma cooperativa faz é, quando necessário, pedir aos camaradas que participam no esforço colectivo que deixem de o fazer, que prossigam o combate noutras organizações destinadas à destruição do repugnante sistema neoliberal de tendência blairiana; pode fazer esses pedidos, mas não despede. Não se pode portanto dizer que a cooperativa Miramax despediu pessoal, muito simplesmente porque esse conceito não existe no mundo anacleto de que faz parte a cooperativa Miramax. Por isso se tornam ainda mais espúrios (e visivelmente influenciados pelo reaccionarismo socratista de tendência santanista) os pedidos de que o camarada Michael Anacleto Moore faça um filme denunciando a notável e anacleta instituição. O camarada Moore já denunciou em filmes anteriores símbolos viperinos do capitalismo chiraquiano de fachada bushista como a General Motors ou a Nike. Mas a Miramax não é uma empresa. E o Anacleto faz mesmo notar ao camarada Moore que acaso lhe ocorra semelhante ideia, talvez também ele venha a ser aconselhado a dar o seu contributo revolucionário fora da Miramax, noutra instituição dedicada à destruição do pinochetismo global de fachada cavaquista. Viva o camarada Anacleto Moore! Viva a cooperativa anacleta Miramax! Viva o Anacleto!

    Apelo aos verdadeiros Anacletos!

    Camaradas, não podemos, neste momento de urgência, estar com meias palavras ou subtis metáforas. Há que dizê-lo com todas as letras. O NOSSO PAÍS VIVE UMA SITUAÇÃO DE EMERGÊNCIA. Como se já não bastasse o governo de extrema-direita radical, imperialista, capitalista, fassista, populista, xenófoba, filoamericana, neoliberal e individualista insensível, que nos (des)governa, agora vemo-nos traídos por aqueles mesmo que, em teoria, deviam ser os verdadeiros agentes do povo e das lutas do proletariado.
    Primeiro é o jovem Daniel Oliveira, um icone do futuro da luta pela libertação dos povos oprimidos, a comparar as social-democracias nórdicas a políticas de Esquerda e, pior ainda, a elogiar o corrupto fassista Bagão Félix (escarro para o chão), agora, traição das traições, vem a CGTP, pela voz do Grã-Anacleto Carvalho da Silva, dizer que a ponte decretada para esta 2ª feira não faz sentido?
    Mas afinal, o que se passa com os Anacletos Instituicionais (A.I.) deste país, camaradas?
    Se continuamos com esta brincadeira, qualquer dia temos Anacletos a dizer que determinada greve não faz sentido ou, pior ainda, a assinar acordos de concertação social (medo), como na escandalosa e miserável traição de 1991, ao pactuar com o governo fassista e reaccionário de Cavaco Silva (cuspir para o chão).
    Mas está tudo louco ou venderam-se todos ao capital nojento, fassista e americanizado?

    Por isso, camaradas, penso que estamos num período em que o povo português espera de nós uma atitude firme e revolucionária. Está na hora de uma purga que limpe, de uma vez por todas, o nosso país destes falsos Anacletos...que, por debaixo da sua pele de Anacletos, não passam de Barnabés ao serviço das grandes corporações!

    Haja Esperança, Camaradas!

    O No-Bush já lidera as sondagens!!! A derrota do fascista ladrão imperialista assassino Bush está eminente. Camaradas, não podemos desmobilizar. A direcção do Anacleto já preparou um plano de acção com 3 pontos para este período de luta que se avizinha. É o seguinte:

    1. Até às eleições: Continuar a insultar o nazi capitalista calhau-com-olhos Bush.

    2. Na noite das eleições: Festejar ruidosamente a derrota do Bush e assumir essa derrota como uma grande vitória dos trabalhadores de todo o mundo em luta contra o capitalismo imperialista e contra a globalização neo-liberal.

    3. Após as eleições: O No-Bush vira Kerry. Preparar os primeiros insultos ao Kerry. Sugerimos começar por chamar-lhe capitalista vendedor de ketchup, trinca-espinhas incapaz, anormal e atrasado mental, mas confiamos na tradicional imaginação das gentes de esquerda para inventar outros insultos mais criativos.

    Camaradas, não se esqueçam: nunca devemos insultar o No-Bush mas não podemos ser simpáticos com esse parvalhão capitalista do Kerry. Para evitar confusões, só a partir da data das eleições é que podemos pronunciar o nome do idiota Kerry. Até lá, só conhecemos o estúpido explorador de extrema direita e atrasado mental Bush e o nosso candidato, o No-Bush.

    Haja esperança, camaradas. A vitória vai ser nossa!

    sábado, outubro 02, 2004

    Mas isto não acaba?!!

    Recebemos no Comité Central d'O Anacleto a seguinte carta:

    Camaradas,

    Pressionado pela patroa, que queria forrar o caixote do gato, vi-me obrigado a comprar hoje o Expresso.

    Enquanto procurava por novidades do jet-set (numa perspectiva de luta de classes, realço - convém sempre saber as festas que o inimigo anda a frequentar) deparo-me com um artigo sobre O Anacleto.

    O que vêm a ser isto, camaradas?! Afinal O Anacleto é um blogue revolucionário ou uma armadilha da reacção?


    Camarada,

    Não se deixe enganar pelo capitalista Balsemão. O Anacleto é mesmo um blogue ao serviço do povo e da revolução.

    Acha que se isto fosse a gozar tinhamos colocado uma ligação para a Base-FUT ou para a FER?

    A sua atitude desgosta-nos, camarada! Estou a ver que necessita frequentar umas palestras do camarada Boaventura Sousa Santos.

    Saudações revolucionárias.

    PSR: Para a próxima, em vez de gastar dinheiro nesse pasquim abjecto use os artigos do Professor Rosas para forrar o caixote do gato. Vai ver que até ele fica com outra atitude.

    UDP: Os verdadeiros camaradas não tratam as esposas por "patroas" e sim por "companheiras". Tenha mais cuidado da próxima vez!

    Os lacaios do imperialismo de No Bush

    O revisionista Rui Tavares, ignorando as indicações do Comité Internacional da Quarta Internacional (veja-se por exemplo Bush-Kerry debate: two candidates committed to war), acha que o No Bush ganhou o debate e ficou contente por isso.

    Que o No Bush ganhou o debate, é um facto de que nenhum Anacleto tem dúvidas. Aliás, o No Bush já tinha ganho o debate de forma esmagadora para todos os Anacletos antes de este começar.

    O que não é aceitável, é que Rui Tavares mostre contentamento pela vitória do No Bush, quando a Verdade é só uma:

    The first of the presidential debates between President George W. Bush and Senator John Kerry presented the American public with an empty choice between two candidates committed to continuing the war in Iraq and escalating US militarism around the world.

    Face a estes factos, só nos resta concluir que Rui Tavares é um lacaio das forças imperialistas e do grande capital. Ao serviço da direita mais reaccionária, este perigoso revisionista burguês parece ter por único objectivo ridicularizar a Esquerda Revolucionária com os seus posts incoerentes e fascizantes.

    A bem da educação do Povo para o Socialismo, O Anacleto, assumindo a sua condição de liderança da Vanguarda do Proletariado manter-se-à atento a todos os desvios burgueses.

    O Expresso e o Anacleto

    O Expresso, tablóide sensacionalista de direita do capitalista Balsemão dedica hoje um espaço ao Anacleto. Em mais de 2500 páginas de papel de embrulho dedicados a promover o neoliberalismo e as políticas de direita com o propósito de perpetuar os privilégios das classes dominantes, esse pasquim apenas dedicou este minúsculo artigo aos representantes do povo.



    O Anacleto manifesta desde já a sua repulsa por tamanha discriminação. No mesmo jornal gastam páginas e páginas com dois extremistas, o Portas e o Santana.

    Camaradas, os braços da revolução são longos e a memória é persistente. E quando o Anacleto chegar ao poder o Expresso vai ter que se haver com o julgamento popular.

    SMS a enviar para o Expresso: "O Anacleto grita não ao pasquim do Balsemão"

    US$80 por barril? Fernando Rosas é um aprendiz de Anacleto...

    PREVISÃO DE US$125 POR BARRIL

    "A produção mundial de petróleo atingirá o seu pico nos próximos dois anos e a seguir começará a definhar, remetendo os preços para cerca de US$125 por barril. A previsão é do dr. Sansan Ali Bakhtiari, perito iraniano em petróleo, que a convite do governo australiano fez uma palestra acerca das reservas mundiais de petróleo.
    O dr. Bakhtiari considera que a falta de segurança económica afectará as taxas de fertilidade de países pouco povoados como a Austrália. "Penso que a grande mudança terá, muito em breve, impacto sobre a população", afirmou. Assim, acrescentou "eu não construiria muitas escolas adicionais: haverá menos crianças". Além disso, "não construiria aeroportos hoje: haverá muito menos viagens pois elas ficarão demasiado caras".


    US$80? Ó Anacleto Rosas, francamente...

    sexta-feira, outubro 01, 2004

    O Anacleto do Dia

    É com imenso prazer que anunciamos que o Anacleto do dia é um blogger.

    "As bombas mataram hoje quase 40 crianças em Bagdad. Parece-me excessivamente simplista culpar os terroristas.

    João Morgado Fernandes, Terras do Nunca"
    Muito bem, caríssimo João. A culpa é evidentemente dos imperialistas capitalistas neocons. Só alguém com uma mente muito estranha se lembraria de atirar com a culpa para os assassinos activistas libertadores. Afinal, limitaram-se a expressar o seu ponto de vista legítimo, utilizando as ferramentas ao seu dispôr. E são muito mais honestos que os americanos, que andam a matar colaterais. A dignidade dos resistentes é diferente: as crianças são elevadas ao estatuto de alvo principal. E o que são 40 crianças quando há para aí mais 10 milhões lá no Iraque?

    PS: Agradecíamos envio de foto tipo passe para a galeria de honra do Anacleto.

    Convocatória

    O Anacleto feito pelos seus Camaradas Leitores

    Caros Anacletos

    "Companheiros, sou eu que vos iscrevo outra vez, como deram espaço de entena aos meus excritos anteriores agora istou aqui outra vez, agora é por causa das escuts, disserão na TVI que vão meter o povo a pagar as escutes, ora esta mal, o povo ja paga muitas coisas, já paga o gazoile mais caro do mundo para enxer o bloso dos neon-liberais, o povo já paga o instacionamento aos arrumadores que é para eles emrrombarem cos paquímetros, o povo já paga os advertimentos todos, vocêis aí sabem de certeza quanto é que custa um charro ou uma camisinha, dasse! Aprendi na escola de verão do bloco que o tabaco e as bejecas tambeim estão cheios de empostos e se a gente ja paga tudo isso e agora querem aue a gente pague as escutes, fassistas é o que eles são..

    Eu não quero pagar escutes nenhumas, se eles querem fazer escutes que fassam mas nao obrigueim o povo a pagar. Se eu nunca uso as escuts atão porque é que eu as ei de pagar? Esse Santana é um ladrão e quer tirar o dinheiro aos jovens, temos que por lá o camarada Louçã que é para ser tudo de grátis e para a gente ganhar todos a dubrar e para dar snifes ao povo de grátis nos sentros de caúde.

    Prontos, era só para mostrar a minha indignação e convocar uma manif pra porta do santana. Aqui ficam duas idéias para a gente gritar na manif, que a malta do Bloco teve ontem uma cessão de breine estorm.

    "Santana, escute, o povo nao paga a escute", "Escutes à borliu nem pago eu nem pagas tu"

    Che Loucinha, Joven de Esquerda, Alter, Anti Neon-Liberais

    A TV de todos os Anacletos

    O nosso canal

    Agromar TV por cabo, em Portugal, já!!!

    Anacleto Louçã [vénia]: "pretend[o] terminar com as reformas douradas"

    O Anacleto não compreende este ataque neoliberal contra as pensões dos funcionários públicos.

    O Anacleto vê cair à sua volta os pilares que sustentam o seu Mundo.

    É por estas e por outras que o Bloco cai nas sondagens.

    "o Bloco de Esquerda desce. Está agora com 3%."

    De acordo com uma Sondagem RR/SIC/Expresso hoje divulgada:
    "O PS conquista 34,6% enquanto o PSD recebe a preferência de 33,5% dos inquiridos. Os dois partidos aumentam, em relação ao mês passado...

    ...aumento significativo do CDS-PP: os "populares" aumentam 2 pontos percentuais, em relação ao último mês. Estão agora com 6,7%. Assim, a actual coligação governamental vê a sua base de apoio aumentar, estando agora nos 40%.

    Se fizermos uma projecção estatística...a coligação PSD-PP conquista 46% das preferências, ou seja mantém a actual maioria absoluta.

    ...aumento significativo da CDU, que aumenta 2 pontos conquistando agora 7,6% dos votos.

    Já o Bloco de Esquerda desce. Está agora com 3%.

    Estes são resultados de um estudo de opinião encomendado pela RR, SIC e Expresso, efectuado pela Eurosondagem entre os dias 22 e 27 de Setembro de 2004, com base em 1029 entrevistas telefónicas validadas, a maiores de 18 anos, residentes em Portugal Continental. O erro máximo da amostra é de 3,05%, para um grau de probabilidade de 95%.
    "
    Esperemos que rolem cabeças no Barnabé. O Anacleto Rebelo de Sousa considera que esta evolução negativa tem a ver com o facto de, tanto o Barnabé, como o BdE terem decidido discrimininar e censurar o Anacleto. Mas o Povo falou: sem o Anacleto não há Revolução.

    No Bush Crushed Bush!

    O debate terminou! Vitória ESMAGADORA do No Bush. A nossa alegria é estonteante. Foi um baile do início até ao fim. Em todos os assuntos, o Bush mostrou que não passa de um asno ignorante, uma pedra com olhos, um homenzinho feioso de QI<0,00000001. E a Europa pensa como nós:



    E estes resultados estão claramente viciados a favor do Bush. Basta ver que no Anacleto ainda só votamos 17 vezes no No Bush.

    Agora só nos falta ver o debate.