O Anacleto

Um Blog Alter. Charros. Aborto. No Bush.

segunda-feira, outubro 04, 2004

A camarada Ana Cleta e o boicote ao Anacleto

É já a todos evidente que o Anacleto assusta o conjunto do sistema ditatorial globalizante de tendência neoliberal e fachada neostraussiana. O PS neoconservador (como muito bem lhe chamou o nosso camarada Manuel Anacleto Alegre) de Sócrates diz que se recusa a fazer alianças com o BE e o PCP. Não espanta, não espanta… E sobretudo não espanta a falta de menção ao Anacleto. Afinal, o Anacleto é hoje a única força verdadeiramente revolucionária no espectro político português. Porque não mencionam Sócrates e Gama (esses caniches de Blair) o Anacleto? Por medo. Limitam-se a mencionar o BE e o PCP porque o BE e o PCP não passam de partidos (como diria o camarada Anacleto Alegre) neoconservadores de fachada radical, enquanto toda a gente sabe que a verdadeira ameaça à globalização socratista de tendência bustorffiana está no Anacleto. O sistema nazi-fascista nacional (do PP ao BE, cobrindo todo o arco da mentira burguesa) conjura-se para excluir o Anacleto, mas o Anacleto não desiste. O nosso barco (nas ondas) ruma ao futuro e podem entrar nele todos quantos sonham em ver as ruínas do salazarismo globalizante de fachada berlusconiana. Estamos a pensar, por exemplo, na camarada Ana Cleta Gomes. Ela bem diz que não reúne as características físicas e mentais para ser “Socranete”. Mas reúne certamente as características para ser uma “Anaclete”. Camarada, abandona esse blogue neofascista de tendência liberalizadora e junta-te ao Anacleto. Transforma-te na nossa Anaclete. Viva a camarada Ana Cleta! Viva o Anacleto! Fim ao boicote ao Anacleto!