O Anacleto

Um Blog Alter. Charros. Aborto. No Bush.

quinta-feira, setembro 23, 2004

Correcções. É preciso estar atento

É convicção do Anacleto que certas pessoas nunca nos desiludirão. Miguel Portas, por exemplo. Na sua coluna semanal do DN, Miguel faz a mais clara e sistemática denúncia do imperialismo neo-fascista de Bush e lacaios (como o sacana do Santana ou aquele animal do Luís Filipe Pereira, sim, o gajo da saúde, que está a mando do complexo-industrial americano para envenenar o abastecimento de água da região Amadora-Sintra). Mas houve uma coisinha que não gostei do artigo do Miguel. É quando ele fala do rapto de trabalhadores estrangeiros no Iraque e menciona "trabalhadores pagos a peso de ouro pelas companhias de 'reconstrução'". Miguel, isto é muito simples: não há trabalhadores pagos a peso de ouro, todo o trabalhador é explorado e vítima da globalização neoliberal. O trabalhador não é pago a peso de ouro, mas sugado até ao tutano. Tem mais cuidado da próxima vez, está bem?